Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1188
metadata.dc.type: Monografia
Title: O Kitsch na sociedade de consumo e suas implicações anti-filosóficas
Authors: Silva, Étley Henrique Ferreira
Abstract: A arte possui características e particularidades que são essenciais ao modo de pensar e agir da filosofia. As visões de mundo apresentadas pelas criações artísticas realizam a interpretação da realidade ao mesmo tempo em que efetuam um movimento de recriação desta. Esta reinvenção de mundo é muitas vezes responsável pelo rompimento das concepções vigentes e consequentemente se faz como atividade transformadora do social e do político. No entanto, o fenômeno kitsch, comumente caracterizado como falsa arte, ganha força na contemporaneidade e ameaça usurpar o papel social da arte, resultando aí uma preocupante tendência à estagnação, sendo assim relevante ao pensamento filosófico reavaliar as peculiaridades deste fenômeno.
Keywords: estética
movimento de massas
Kitsch
sociedade de consumo
metadata.dc.rights: Restrito UCB
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1188
Issue Date: 22-Jan-2013
Appears in Collections:Filosofia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Etley.pdf581.91 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons