Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1262
metadata.dc.type: Monografia(Graduação)
Title: Vivências de prazer-sofrimento no trabalho: estudo com terceirizados de um órgão público federal
Other Titles: Vivências de prazer sofrimento no trabalho: estudo com terceirizados de um órgão público federal
Authors: Mazzilli, Luiz Roberto Fernandes
Abstract: Este estudo teve como principal objetivo compreender como se dão as vivências de prazer e sofrimento de terceirizados de um órgão público federal. Sob a abordagem da psicodinâmica do trabalho e como objetivos específicos de descrever a organização de trabalho de terceirizados e analisar quais estratégias de enfrentamento do sofrimento são utilizados por estes em órgãos públicos. O referencial teórico - psicodinâmica do trabalho – aborda conteúdos referentes a prazer e sofrimento no trabalho, estudos sobre terceirizados, história do trabalho e pesquisas em que a terceirização é entendida como uma precarização do trabalho. O estudo foi realizado com 04 (quatro) trabalhadores terceirizados que trabalham com atividades administrativas em um órgão público federal. Utilizou-se a abordagem qualitativa, que permitiu o uso de entrevista semiestruturada para coleta de dados. As entrevistas individuais foram analisadas a partir da técnica da Análise de Núcleos de Sentidos (ANS), adaptada através da análise de conteúdo desenvolvida por Bardin (2004), agrupando o conteúdo latente e manifesto do texto em categorias. Os resultados foram organizados em três núcleos de sentidos, atendendo aos objetivos específicos: a) “Aqui nós temos, (...) diferenças né, dos terceirizados e os funcionários, (...)”, referente à organização do trabalho; b) “(...) porque a gente trabalha muito aqui e é desvalorizado”, referente ao prazer e sofrimento no trabalho; c) “A gente tenta manter uma postura e não se envolve muito em determinadas situações”, referentes às estratégias de enfrentamento do sofrimento. A partir da análise dos dados pôde-se perceber como a organização do trabalho impacta nas vivências de prazer e sofrimento dos terceirizados. Os dados indicam uma organização rígida e rodeada de preconceitos em relação à forma de contratação dos terceirizados. O trabalho também proporciona prazer quando são reconhecidos e elogiados por seus clientes externos. Com as estratégias de enfrentamento foram evidenciadas a racionalização e a negação. Como conclusões, este estudo nos mostra que o trabalhador terceirizado vive um sofrimento intenso que está ligado principalmente a desvalorização pela sua forma de contratação, também é possível perceber que os trabalhadores correm sérios riscos de adoecimento psicológico. É importante salientar que apesar do grande sofrimento, os terceirizados relatam vivências de prazer em relação à atividade executada, pois na maioria das vezes sentem-se reconhecidos por seus clientes externos.
This study aimed to understand how to give the experiences of pleasure and suffering of outsourced a federal public body. Under the approach of psychodynamic work and specific objectives to describe the organization of work outsourced and analyze what coping strategies are used by the suffering these in public. The theoretical - psychodynamic work - addresses content related to pleasure and pain at work outsourced studies, history work and research that outsourcing is seen as a precarious job. The study was conducted with 04 (four) working with outsourced workers administrative activities in a federal government agency. We used a qualitative approach, which allowed the use of semi-structured interviews for data collection. The interviews individual were analyzed using the technique of Analysis Centers Senses (ANS), adapted by the content analysis developed by Bardin (2004), the grouping manifest and latent content of the text into categories. The results were organized into three cores senses, meeting the following objectives: a) "Here we have, (...) differences right, the contractors and employees, (...) ", referring to the organization of work, b)" (...) because we work here and is very undervalued, "referring to the pleasure and pain at work c) "We try to maintain a posture and not get involved much in certain situations ", referring to the coping strategies of suffering. From the analysis of data could be perceived as work organization impacts the experiences of pleasure and suffering of contractors. The data indicate a strict organization and surrounded by prejudices regarding the way of hiring contractors. The work also provides pleasure when they are recognized and praised for its external customers. With coping strategies were evident rationalization and denial. As findings, this study shows that the outsourced worker lives intense suffering that is connected mainly by its depreciation through recruitment, is also can see that workers at serious risk of psychological illness. It important to note that despite the great suffering, outsourced reporting experiences of pleasure in relation to the activity performed, because most of the time they feel recognized by external clients.
Keywords: Prazer
Sofrimento
Trabalho
Administração Pública
Psicologia
Terceirado
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Citation: MAZZILLI, Luiz Roberto Fernandes. Vivências de prazer-sofrimento no trabalho: estudo com terceirizados de um órgão público federal. 2012. 34 f. Monografia (Graduação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1262
Issue Date: 11-Jun-2012
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luiz Roberto Fernandes Mazzilli.pdfMonografia(Graduação)784.98 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons