Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1276
Type: Monografia(Graduação)
Title: O uso da escala de medida de independência funcional (MIF) em pacientes críticos, internados em unidade de terapia intensiva: revisão de literatura
Authors: Miyake, Priscila Costa
Abstract: O significado de independência funcional é o melhor desempenho motor e cognitivo de um indivíduo para realizar atividades do dia a dia sem necessitar de assistência. Com a crescente sobrevida de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), devido ao avanço em suporte de vida. A internação acaba levando o paciente ao estado de repouso, isso traz repercussões, como a fraqueza muscular adquirida na UTI. Sabendo disso há estudos mostrando que a escala de Medida de Independência Funcional (MIF) deve ser usada para uma avaliação completa para uma adequada intervenção terapêutica. Diante desta temática, o objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão de literatura sobre a utilização da escala MIF como método de avaliação de incapacidade para funções físicas em pacientes críticos. Materiais e Métodos: Foi realizado pesquisas na base de dados Pub Med( US National Library of Medicine National Institutes of Health), Medline (Medical Literature Analysis and Retrieval System Online), Capes(Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e Scielo(Scientific Eletronic Library Online). Foram encontrado artigos com os descritores, exercise, intensive care unit, critical, physical therapy, functional capacity, Functional Independence Measure. Foram selecionados estudos entre o período de 1970-2012, onde encontraram-se 37 artigos no total, sendo 4 destes excluídos devido a se tratarem de outras formas de avaliação funcional no ambiente de UTI, eventos adversos na UTI e mobilização precoce. Conclusão: Com esta revisão de literatura, conclui-se que a escala MIF tem importância no ambiente de UTI, pois muitos pacientes após a alta hospitalar enfrentam a incapacidade funcional que afeta diretamente na qualidade de vida.
The meaning of functional independence is the best motor and cognitive performance an individual to perform activities of daily life without needing assistance. to increasing survival of patients admitted to the Intensive Care Unit (ICU) due to advancement in life support. The hospital ends up taking the patient to a state of rest, this has repercussions such as ICU-acquired weakness. Knowing that there are studies showing that the scale of the Functional Independence Measure (FIM) must be used to a full evaluation for adequate therapeutic intervention. Faced with this issue, the objective of this study was to review the literature on the use of the FIM scale as a method of evaluation of physical inability to function in critically ill patients. Materials and Methods: We conducted research in the database Pub Med (U.S. National Library of Medicine National Institutes of Health), MEDLINE (Medical Literature Analysis and Retrieval System Online), Capes (Coordination of Improvement of Higher Superior) and SciELO (Scientific Electronic Library Online). Articles were found with descriptors, exercise, intensive care unit, critical, physical therapy, functional capacity, Functional Independence Measure. Studies were selected from the period 1970 - 2012, where he met 37 articles in total, 4 of these being excluded due to treating other forms of functional assessment in the ICU environment, adverse events in the ICU and early mobilization. Conclusion: In this literature review, it is concluded that the FIM scale has importance in the ICU environment, because many patients after discharge face disability that directly affects the quality of life.
Keywords: Mobilização
Unidade de Terapia Intensiva
Fisioterapia
Funcionalidade
FIM
MIF
Citation: MIYAKE, Priscila Costa. O uso da escala de medida de independência funcional (MIF) em pacientes críticos, internados em unidade de terapia intensiva: revisão de literatura. 2013. 11 f. Monografia (Pós-Graduação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2013.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1276
Document date: 8-Jul-2013
Appears in Collections:PPG - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Priscila Costa Miyake.pdf169.67 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons