Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1602
Type: Monografia(Graduação)
Title: Assédio moral entre os profissionais de enfermagem do hospital regional de Ceilândia, DF
Authors: Barros, Ítalo Vieira
Abstract: O assédio moral é um fenômeno relevante, pouco discutido e que traz importantes conseqüências físicas e psíquicas. O objetivo deste estudo é investigar a ocorrência de assédio moral entre funcionários da enfermagem de um hospital regional do DF e avaliar as suas repercussões. Tratase de um estudo exploratório e transversal, foi realizado no Hospital regional da Ceilândia-DF, Brasil, através da aplicação de questionário a 123 profissionais de enfermagem, sendo 99 (80,48%) auxiliares de enfermagem e 24 (19,51%) enfermeiros. Em relação ao sexo, foram entrevistados 9 homens (7,31%) e 114 mulheres (92,68%). Os resultados mostraram que 55 (44,7%) profissionais de enfermagem já passaram por algum tipo de assédio moral no ambiente de trabalho, todos (100%) do sexo feminino. Quanto à comparação entre a categoria profissional, os auxiliares de enfermagem apresentaram maiores índice de perseguição pela chefia e de problemas para reconhecer seus direitos e deveres e menores índices de denúncia a membros de sua equipe. Dentre os fatores relacionados ao assédio moral, o de maior ocorrência, embora predominantemente ocasionalmente, foi o constrangimento por membro da equipe. Investimento na educação, incentivo às denúncias, e a delimitação de deveres e direitos são medidas que podem levar à modificação do atual cenário.
Bullying is a relevant phenomenon, rarely discussed and with important physical and psychological consequences. The aim of this study is to investigate the occurrence of bullying among nursing staff of a regional hospital in DF and evaluate their impact. This is an exploratory, crosscutting was conducted at Hospital Regional Ceilândia-DF, Brazil, through a questionnaire to 123 nurses, and 99 (80.48%) nursing assistants and 24 (19.51 %) nurses. Regarding gender, we interviewed nine men (7.31%) and 114 women (92.68%). The results showed that 55 (44.7%) nurses have experienced some type of bullying in the workplace, all (100%) were female. Regarding the comparisons between the professional category, the nursing assistants had higher content of persecution by the supervisors and trouble recognizing their rights and duties and lower rates of reporting to members of his team. Among the factors related to bullying, the most frequent, though predominantly occasionally, was the embarrassment for a team member. Investment in education, encouraging the complaints, and demarcation of duties and rights are measures that can lead to modification of the current scenario.
Keywords: Assédio moral
Trabalhadores
Enfermagem
Bullying
Workers
Nursing
Citation: AMARAL, Carolina Maria Soares. Assédio moral entre os profissionais de enfermagem do hospital regional de Ceilândia, DF. Monografia. 2010. 25 f. Monografia (Graduação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2010.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1602
Document date: 24-Nov-2010
Appears in Collections:Enfermagem (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Italo Vieira Barros.pdfMonografia(Graduação)167.57 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons