Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1643
metadata.dc.type: Monografia(Graduação)
Title: Vivências de prazer e sofrimento na docência: o desejo da aposentadoria como refúgio dos professores frente aos desafios do ensino
Authors: Fournier, Andréa Moreira Couto
Abstract: Este estudo tem como objetivo conhecer as vivências de prazer e sofrimento entre docentes do segundo segmento do Ensino Fundamental da Secretaria de Educação do Distrito Federal na relação com o trabalho. Adotou-se como referencial teórico a psicodinâmica do trabalho. Do ponto de vista metodológico, foram realizadas sete entrevistas semi-estruturadas com professores do segundo segmento do ensino fundamental, da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF). A análise das informações construídas evidenciou vivências de prazer e sofrimento no trabalho docente. Dentre os fatores desencadeantes de sofrimento, destacaram-se: falta de interesse dos alunos, falta de apoio da família, falta de estrutura física e recursos materiais, não reconhecimento e valorização no trabalho. No cenário das vivências de prazer na docência encontram-se o relacionamento com os colegas, a aprendizagem e o desenvolvimento dos alunos e o reconhecimento dos pais, alunos e a sociedade. Embora o trabalho docente seja permeado pela dinâmica do sofrimento expresso pelos professores, também se verificou estratégias de enfrentamento diante do mesmo, buscando sentido e realização profissional. A aposentadoria é expressa por sentimentos ambíguos de alegria e tristeza, felicidade e saudade, prazer e dúvida. Recomenda-se a realização de novas pesquisas com foco no papel desta no exercício docente, posto que não foi possível aprofundar na reflexão sobre suas implicações enquanto estratégia de enfrentamento adotada pelo professor no trabalho.
This study aims to understand the experiences of pleasure and suffering among teachers of the second segment of the Elementary School of Education Department of the Federal District in relation to work. It was adopted as a theoretical psychodynamics of work. From the methodological point of view, there were seven semi-structured interviews with teachers of the second segment of the school, the State Department of Education of the Federal District (SEEDF). Analysis of the data revealed constructed experiences of pleasure and suffering in teaching. Among the triggers of suffering, stood out: lack of student interest, lack of family support, lack of physical infrastructure and material resources, lack of recognition and appreciation at work. In the scenario of experiences of pleasure in teaching are relationships with colleagues, learning and development of students and recognition of parents, students and society. Although teaching is permeated by the dynamics of grief expressed by teachers was also found coping strategies before even looking and feeling professional achievement. Retirement is expressed mixed feelings of joy and sorrow, happiness and longing, joy and doubt. It is recommended to conduct further research focusing on the role of teaching practice, since it was not possible to deepen the reflection on its implications while coping strategy adopted by the teacher at work.
Keywords: Professores
Trabalho
Prazer
Sofrimento
Teacher
Work
Pleasure
Suffering
Psicologia
Citation: FOURNIER, Andréa Moreira Couto. Vivências de prazer e sofrimento na docência: o desejo da aposentadoria como refúgio dos professores frente aos desafios do ensino. 2012. 53 f. Monografia (Graduação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1643
Issue Date: 29-Nov-2012
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Final.pdf298.51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons