Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1701
Type: Monografia(Graduação)
Title: Estratégias de enfrentamento em mulheres vítimas de violência doméstica
Authors: Farias, Elisangela Soares
Abstract: Diante do problema da violência contra a mulher e suas repercussões na sociedade, torna-se necessário compreender esse fenômeno a partir de um estudo sócio-histórico. Nesse sentido, o presente estudo propõe-se a revisar alguns conceitos como o de gênero, uma vez que a sociedade muitas vezes confunde a sexualidade de homens e mulheres e impõe certas normas e comportamentos diferenciados para ambos os sexos, remetendo certo “poder” ao homem e a uma “fragilidade” à mulher, contudo, e a abordar a problemática da violência contra a mulher no contexto familiar envolvendo o companheiro. Neste cenário, são apresentadas definições dos diferentes tipos de violência ancorados na Lei Maria da Penha como: violência psicológica, moral, patrimonial, física. Pretendeu-se neste estudo avaliar quais as estratégias de enfrentamento as mulheres vítimas de violência doméstica utilizaram para enfrentar o problema da violência. Participaram do estudo 20 mulheres vítimas de algum tipo de violência doméstica com idade entre 18 e 50 anos e residentes na cidade de Santa Maria–DF. A pesquisa foi feita por meio da utilização da escala EMEP. E com os resultados, foi possível concluir que a forma de enfrentamento mais utilizada pelas mulheres vítimas de violência não foi de cunho emocional, mas com um foco maior na religiosidade, e sobretudo as mulheres enfatizaram a importância e a ajuda do acompanhamento psicológico.
Faced with the problem of violence against women and its impact on society, it is necessary to understand this phenomenon from a socio-historical study. Accordingly, this study proposes to review some concepts such as gender, since society often confuses the sexuality of men and women and imposes certain rules and different behaviors for both sexes, leaving some "power" to man and a "weakness" for women, however, and by addressing the problem of violence against women within the family involving his companion. In this scenario, we present definitions of different types of violence anchored in the Maria da Penha Law as: psychological, moral, property, physical. The intention of this study was to assess which coping strategies women victims of domestic violence used to tackle the problem of violence. The study included 20 women victims of some type of domestic violence aged between 18 and 50 years and living in the city of Santa Maria-DF. The research was done by using the scale EMEP. And with the results, it was concluded that the most used way of coping by women victims of violence was not emotional punch, but with a greater focus on religion, and especially women and emphasized the importance of psychological help.
Keywords: Gênero
Violência doméstica
Lei Maria da Penha
Estratégias de enfrentamento
Gender
Domestic violence
Maria da Penha law
Coping strategies
Psicologia
Citation: FARIA, Elisangela Soares. Estratégias de enfrentamento das mulheres vítimas de violência doméstica. 2012. 38 f. Monografia (Graduação) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2012.
Access Type: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/1701
Document date: 2012
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elisangela Soares FariasMonografia(Graduação)794.17 kBUnknownView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons