Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/3853
Type: Monografia(Graduação)
Title: O cinema e a adaptação literária: encontros e desencontros na transfiguração imagética da personagem Dorian Gray
Authors: Oliveira, Bárbara Carvalho de
Abstract: O cinema e a literatura iniciam suas relações no momento em que o primeiro percebe seu potencial narrativo. Desde então ele vem recorrendo à literatura como fonte de inspiração fazendo com que as discussões sobre as adaptações fílmicas sejam recorrentes e importantes. Na pós-modernidade o cinema constitui-se em uma das mais difundidas manifestações artísticas levando ao grande público grandes obras da literatura mundial. Embora cinema e literatura tenham o objetivo comum de contar estórias, cada um assim o faz segundo suas leis particulares. Enquanto a literatura dispõe primordialmente da palavra, o cinema utiliza luz, cores e sons para transmitir seu discurso. Portanto, uma vez que mudamos o meio de transmissão e significação, alterações necessárias e inevitáveis são feitas na obra adaptada fazendo com que as relações entre leitor e espectador se diferenciem. Durante a leitura, leitor e escritor trabalham juntos na construção de sentidos tornando-se co-autores da vida. Já no cinema, o espectador é colocado diante de uma realidade préselecionada pelo diretor. Porém mesmo o cinema permite que cada observador após assistir ao filme faça suas próprias interpretações. São os entrecruzamentos entre essas duas linguagens que as mantém vivas e inovadoras fazendo com que se lance um novo olhar sobre o uso da tecnologia nos processos de leitura.
Cinema and literature begin their relationship at the time the former notices its narrative potential. Since then it has turned to literature as a source of inspiration making the discussions of filmic adaptations recurring and important. In postmodern society, cinema is in one of the most widespread demonstrations led to the general public artistic works of the great literature. Although film and literature have the common goal of telling stories, each one does that according to their particular laws. While literature uses primarily the word, the film uses light, color and sound to build its speech. Thus once we changed the way of transmission and meaning, inevitable and necessary changes are made in the adapted work, what makes different the relationship between reader and viewer. While reading, both reader and writer work together to build senses. They become co-authors of life. In the film, the viewer is confronted with a reality pre-selected by the director. But even films allow each viewer after watching the movie to make his own interpretations. It is the crossovers between these two languages that keep them alive and innovative causing us to launch a new look at the use of technology in the reading process.
Keywords: Letras
Pós-modernidade
Literatura
Cinema
Adaptação
Leitor
Espectador
Citation: OLIVEIRA, Bárbara Carvalho de. O cinema e a adaptação literária: encontros e desencontros na transfiguração imagética da personagem Dorian Gray. 2011. 39 f. Monografia (Letras) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2011.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/3853
Document date: 2011
Appears in Collections:Letras (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Barbara Carvalho de Oliveira.pdfMonografia(Graduação)1.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons