Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/5550
metadata.dc.type: Monografia
Title: O reconhecimento das expressões faciais como uma habilidade relacional
Authors: Grebot, Ivan Bouchardet da Fonseca
Abstract: O caráter relacional da atuação do profissional de Psicologia no contexto clínico exige, do mesmo, determinadas habilidades do repertório social, modeladas para o uso específico neste contexto. Assim, parte-se da pressuposição que alunos concluintes, em função do treino, presente no curso da graduação, poderiam discriminar nuances de fala, e também, comportamentos de expressão emocional. Para avaliar se isso ocorre, este trabalho foi dividido em dois Estudos. O Estudo I teve como objetivo determinar, dentre três tipos de ficha de resposta e de projeção de imagem de expressão facial (foto e/ou vídeo), qual seria o melhor instrumento para avaliar a acurácia de resposta de alunos de Psicologia para a identificação de expressões faciais de emoções básicas. O Estudo II, utilizando-se do melhor instrumento obtido no Estudo I, objetivou avaliar a diferenciação entre ingressantes e concluintes do curso de Psicologia quanto à capacidade de discriminar expressões faciais, bem como identificar quais expressões teriam maior índice de erro na identificação. Para tanto, no Estudo I, avaliaram-se os instrumentos (ficha A, B e C) de investigação e os diferentes tipos de projeção. Os resultados deste estudo indicaram a ficha C como o modelo mais adequado para ser usado como instrumento de coleta de dados. No Estudo II, verificouse que não houve diferenciação no reconhecimento de expressões faciais projetadas por meio de vídeo ou fotos, utilizando-se a ficha C. Além disso, esta pesquisa indicou que, a despeito do treino de observação durante o curso, ingressantes e concluintes não apresentaram uma diferença estatisticamente significante em relação à taxa de acertos, erros ou de respostas “não sei” (que eliminavam o efeito do “chute”nas respostas). Portanto, ao se analisar essa habilidade, necessária e aplicada ao contexto de atuação clínica, aponta-se a necessidade de um treino específico em reconhecimento de expressões faciais, direcionado para os estudantes e profissionais de Psicologia.
Keywords: Psicologia
Expressões faciais
Análise do Comportamento
Habilidade social
Citation: GREBOT, Ivan Bouchardet da Fonseca. O reconhecimento das expressões faciais como uma habilidade relacional. 2012. 42 f. Monografia (Psicologia). Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/10869/5550
Issue Date: 2012
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ivan Bouchardet da Fonseca Grebot.pdfMonografia1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons