Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/10060
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Foresti, Joadir Antônio-
dc.creatorTeixeira, Gustavo Almeida-
dc.date.accessioned2017-10-17T11:59:43Z-
dc.date.available2017-09-28-
dc.date.available2017-10-17T11:59:43Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationTEIXEIRA, Gustavo Almeida. Animal crossing e autismo: uma análise comunicacional de como vídeo games podem auxiliar crianças com a síndrome de Asperger. 2013. 38 f. Monografia (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2013.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/10060-
dc.description.abstractAutism is a disease that mainly affects communication and social interaction of people with the syndrome. It is divided into a few categories, such as Asperger Syndrome, which is the focus of this project. The evolution of technology has contributed to the development of intervention techniques that encourage autistic children to learn to have contact with other people around you. Parallel to this, the diffusion of virtual gaming is growing, enabling its use in new areas such as health. Some hospitals make use of this resource to assist in some treatments, but in the case of autism, despite the use of virtual platforms, there are no games exclusively created to assist therapies and interventions. Thus, the project aims to better understand the autistic individual, his reactions and behaviors, intervention techniques used and also bring the origin of the games, understanding their concepts and evolution to what they are today. From these studies, a series of analyzes of the game Animal Crossing New Leaf, which has as its main theme the social interaction, and communication, two of the biggest weaknesses of every autistic is presented. Through the analysis, it is concluded that the creative approach to the game may invalidate the application in therapies and intervention techniques. However, it is clear that creating a game with ideal characteristics for positive intervention in syndrome, as discussed in some of Animal Crossing New Leaf, designed and made exclusively for use in aspergers children, has the potential to extend the results of therapies, bringing these individuals to social life more easily, minimizing repetitive trends, increasing their independence and improve their nonverbal communication. Keywords:pt_BR
dc.description.resumoO autismo é uma doença que afeta principalmente a comunicação e a interação social das pessoas com a síndrome. É dividida em algumas categorias, como a Síndrome de Asperger, que é o foco desta monografia. A evolução da tecnologia vem contribuindo para a evolução de técnicas de intervenção que incentivam crianças autistas a saber ter contato com as demais pessoas ao seu redor. Paralelo a isso, a difusão dos jogos virtuais é crescente, possibilitando sua utilização em novas áreas, como a saúde. Alguns hospitais fazem uso desse recurso para auxiliar em alguns tratamentos, mas no caso do autismo, apesar do uso de plataformas virtuais, não existem jogos exclusivamente criados para auxiliar terapias e intervenções. Dessa forma, o trabalho visa compreender melhor o indivíduo autista, suas reações e comportamentos, as técnicas de intervenção utilizadas, bem como também trazer a origem dos jogos, entendendo seus conceitos e evoulção até o que são hoje. A partir desses estudos, é apresentada uma série de análises do jogo Animal Crossing New Leaf, que possui como tema principal a interação social e a comunicação, duas das maiores deficiências de todo autista. Por meio das análises, conclui-se que a abordagem criativa do jogo pode invalidar a aplicação em terapias e técnicas de intervenção. Porém, é possível constatar que a criação de um jogo com características positivas ideais para intervenção na síndrome, como algumas das analisadas em Animal Crossing New Leaf, pensadas e feitas exclusivamente para o uso em crianças aspergers, tem potencial para ampliar os resultados das terapias, trazendo esses indivíduos mais facilmente ao convívio social, minimizando tendências repetitivas, aumentando sua independência e melhorando sua comunicação não verbal.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Franciene Aguiar (franciene.aguiar@ucb.br) on 2017-09-28T16:44:09Z No. of bitstreams: 1 GustavoAlmeidaTeixeiraTCCGRADUACAO2013.pdf: 970130 bytes, checksum: 085baeab5afaf7b759a8633a3e3becc6 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Sara Ribeiro (sara.ribeiro@ucb.br) on 2017-10-17T11:59:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 GustavoAlmeidaTeixeiraTCCGRADUACAO2013.pdf: 970130 bytes, checksum: 085baeab5afaf7b759a8633a3e3becc6 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-10-17T11:59:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GustavoAlmeidaTeixeiraTCCGRADUACAO2013.pdf: 970130 bytes, checksum: 085baeab5afaf7b759a8633a3e3becc6 (MD5) Previous issue date: 2013en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Católica de Brasíliapt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Educação, Tecnologia e Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.programCST - Publicidade e Propagandapt_BR
dc.publisher.initialsUCBpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subject Publicidade e Propagandapt_BR
dc.subjectAutismopt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectInteraçãopt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOpt_BR
dc.titleAnimal crossing e autismo: uma análise comunicacional de como vídeo games podem auxiliar crianças com a síndrome de Aspergerpt_BR
dc.typeMonografia(Graduação)pt_BR
Appears in Collections:Comunicação Social - Publicidade e Propaganda (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GustavoAlmeidaTeixeiraTCCGRADUACAO2013.pdfMonografia(Graduação)947.39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.