Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/10682
Type: Artigo
Title: Comparação da relação entre percepção corporal e autoconceito em crianças obesas e eutróficas com idades entre 10 e 12 anos
Author(s): Queiroz, Maria Vanessa de
First Advisor: Assad, Waldir
Summary: O presente estudo teve como objetivo, analisar a percepção da imagem corporal em crianças obesas e eutróficas e verificar qual influência a percepção exerce sobre o autoconceito das mesmas. Participaram do estudo, 50 crianças do sexo feminino e masculino, sendo divididas em um Grupo de Eutróficos (GE) composto por 42 crianças com percentil de Índice de Massa Corporal (IMC) entre 5 e 85 e um Grupo de Obesos (GO), composto por 8 crianças com percentil de IMC acima de 95. O instrumento utilizado para analisar a Percepção da Imagem Corporal foi a Escala de Silhuetas para crianças, adaptada e validada por Kakeshita (2008) e para o Autoconceito foi utilizada a Escala Piers-Harris Children’s Self-Concept Scale (PHCSCS-2). Os resultados demostraram que os indivíduos obesos estão insatisfeitos por excesso de peso e possuem predominantemente subestimação da imagem corporal, isto é, se percebem mais magros. Já em relação aos indivíduos eutróficos percebeu-se que a maioria (45,24 %), apresentou superestimação da imagem corporal, ou seja, se veem acima do peso e em razão disso, vale ressaltar que a maior parte das crianças eutróficos insatisfeitas por excesso de peso eram meninas (84,21 %) que apesar de apresentarem peso normal, queriam emagrecer ainda mais. Dos indivíduos eutróficos insatisfeitos por magreza, verificou-se que a maioria eram meninos (75%) que se consideravam magros e queriam aumentar sua massa corporal. Identificou-se também que as crianças obesas apresentaram baixo grau de satisfação, considerando-se impopulares e mais insatisfeitas com seu corpo e aparência física, apresentando um autoconceito proporcionalmente mais negativo se comparado com as crianças eutróficas. Diante do exposto, a presente pesquisa concluiu que o temor à obesidade pode provocar distorções na imagem corporal juntamente com a insatisfação e extrema preocupação com a aparência física, cobrada excessivamente pela sociedade e meios de comunicação a fim de atingir o padrão de beleza corporal, podendo desencadear problemas como depressão, baixa autoestima, autoconceito negativo e principalmente, o desenvolvimento de transtornos alimentares como anorexia e bulimia. Devendo, portanto, os pais, os educadores e profissionais da saúde ficarem alertas com relação a esses dados e procurar desenvolver estratégias que minimizem essa situação preocupante.
Keywords: Obesidade infantil
Imagem corporal
Autoconceito
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Educação Física (Graduação)
Citation: QUEIROZ, Maria Vanessa de. Comparação da relação entre percepção corporal e autoconceito em crianças obesas e eutróficas com idades entre 10 e 12 anos. 2013. 28 f. Artigo (Graduação em Educação Física) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2013.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/10682
Document date: 28-Nov-2013
Appears in Collections:Educação Física (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaVanessadeQueirozTCCGraduação2013.pdfArtigo564.77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.