Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/10694
Type: Monografia(Graduação)
Title: Conhecimento dos enfermeiros sobre administração de antimicrobianos para o controle de infecção hospitalar
Author(s): Oliveira, Luanne Pereira de
First Advisor: Fernandes, Fernanda Monteiro de Castro
Summary: A administração de antimicrobianos interfere na segurança do paciente, no desenvolvimento de resistência microbiana e consequentemente aumenta o risco de infecção hospitalar. O objetivo foi avaliar o conhecimento dos enfermeiros sobre a administração de antimicrobianos para o controle de infecções hospitalares; realizado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Base do Distrito Federal. Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório. Para a coleta de dados, após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, foi aplicado um questionário semiestruturado a dez enfermeiros responsáveis pelos serviços de cuidados intensivos e administração de medicamentos na UTI. Por meio da análise de conteúdo e dados estatísticos simples identificou-se que 80% dos enfermeiros consideram o erro de administração de antimicrobianos como um desafio para o controle de IH, e 100% consideram a higienização das mãos com uma das principais medidas de prevenção e controle da IH. Os obstáculos enfrentados pela equipe profissional para aplicar as medidas de prevenção e controle da IH foram a falta de profissionais de enfermagem (30%), falta de EPI’s (60%), não adesão dos profissionais a técnicas de higienização das mãos (90%), excesso de trabalho (80%), falta de conhecimento e instrução sobre o assunto (30%) e uso inadequado de antimicrobianos (60%). Os erros de administração de antimicrobianos mais frequentes foram o erro de horário (90%) seguido pelo erro de intervalos não cumpridos (70%) e erro de dose (40%). As medidas mencionadas, para diminuir os erros de administração de antimicrobianos foram a educação continuada dos profissionais e dimensionamento dos recursos humanos e materiais. Os enfermeiros citaram a resistência dos micro-organismos como a principal consequência desses erros. Constatou-se que eles conhecem a importância de se adotar as medidas preventivas para o controle de infecção hospitalar como a administração correta dos antimicrobianos, uso de precaução padrão, além de técnicas assépticas, particularmente, a higienização das mãos.
Abstract: The administration of antimicrobials interferes with patient safety, the development of microbial resistance and consequently increases the risk of nosocomial infection. To evaluate the nurses' knowledge of the administration of antimicrobials for the control of nosocomial infections; performed in the Intensive Care Unit of Hospital de Base de Brasília. This is an exploratory qualitative study. For data collection, after approval from the Ethics Comite in Research, ten nurses responsible for intensive care and medication administration services in the ICU a semistructured questionnaire was applied. Through content analysis and simple statistical data identified that 80% of nurses consider the error of administration of antimicrobials as a challenge hospital infection control, and 100% consider hand hygiene with a major preventive and control of hospital infection. The obstacles faced by professional staff to implement the measures of prevention and control of hospital infection were lack of nurses (30%), lack of individual equipment protection (60%), non-adherence of professionals to hand hygiene techniques (90%), overwork (80%), lack of knowledge and education on the subject (30%) and inappropriate use of antimicrobials (60%). Errors in administration of antimicrobials were the most frequent by error of time (90%) followed by error of unfulfilled intervals (70%) and error-dose (40%). The reduce administration erros, were antimicrobial continuing education of professionals and sizing of human and material resources increase. Nurses said by experience that the resistance of microorganisms as the main consequence of these errors. It was found that they know the importance of adopting preventive measures for hospital infection control as the proper administration of antimicrobials, use of standard precautions, and aseptic techniques, particularly hand hygiene.
Keywords: Antimicrobianos
Infecção hospitalar
Enfermagem
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Enfermagem (Graduação)
Citation: OLIVEIRA, Luanne Pereira de. Conhecimento dos enfermeiros sobre administração de antimicrobianos para o controle de infecção hospitalar. 2014. 70 f. Monografia (Graduação em Enfermagem) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2014.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/10694
Document date: May-2014
Appears in Collections:Enfermagem (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuannePereiradeOliveiraTCCGraduacao2014.pdfMonografia(Graduação)1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.