Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11121
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso(Pós-Graduação)
Title: Análise da potência aeróbia e anaeróbia dos jogadores de futebol de diferentes categorias do Distrito Federal
metadata.dc.creator: Araujo, Danielle Garcia de
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Carlos Ernesto Santos
metadata.dc.description.resumo: O futebol é um esporte de esforço intermitente, com ações de alta intensidade exigindo, desde idades mais jovens, o máximo possível nas diferentes valências, em especial no tocante às potencias tanto aeróbia quanto anaeróbia. O objetivo do estudo foi analisar e comparar a potência aeróbia e anaeróbia em jogadores de futebol em diferentes categorias do Distrito Federal durante a pré-temporada. Participaram do estudo 54 jogadores de futebol de campo divididos em dois grupos: profissional (GP) (n = 35; 25,57 ± 5,11 anos; 77,31 ± 9,19 Kg; 179,84 ± 7,19 cm; 10,24 ± 4,33% de gordura) e juniores (GJ) (n = 19; 18,52 ± 0,61 anos; 70,86 ± 5,85 kg; 177,24 ± 4,50cm; 8,82 ± 3,12 % de gordura), ambos em pré-temporada do campeonato brasiliense para suas respectivas categorias. O presente estudo foi realizado em três semanas, sendo duas destinadas às medidas antropométricas, composição corporal (DXA, DPX-IQ Lunar) e teste de capacidade cardiopulmonar para obtenção do VO2máx (Córtex Metalyzer 3B). A avaliação da potência anaeróbia foi realizada por meio do teste Running Anaerobic Sprint Test (RAST), em campo de futebol (grama) no centro de treinamento do time por meio de fotocélulas (CEFISE, Speed Test 6.0 Telemetric). Foram determinadas as seguintes variáveis resultantes do RAST: potência pico absoluta e relativa (PPabsoluta e PPrelativa) e o índice de fadiga (IF). Para testar a normalidade dos dados foi utilizado o teste de Shapiro-Wilks. Para comparar os grupos utilizou-se o teste t para amostras independentes para as variáveis: idade, peso, estatura, potência pico absoluta (PPabsoluta), potência pico relativa (PPrelativa/Kg) e índice de fadiga (IF%), e para as variáveis percentual de gordura (%G) e VO2máx relativo e absoluto, utilizou-se o teste de Man-Whitney, uma vez que, estas não apresentaram normalidade. O nível de significância adotado foi p≤0,05. Os dados obtidos para potência aeróbia relativa, foram 53,88 ± 4,22 ml/kg.min-1 (GP) e 53,90 ± 3,67 ml/kg.min-1 (GJ), ambos os grupos em classificação superior de acordo com tabela proposta por Cooper. Quando analisada de forma absoluta, houve diferença significativa na potência aeróbia encontrada para os grupos GP (4,14 ± 0,41 L/min) e GJ (3,82 ± 0,43 L/min), classificados como indivíduos ativos treinados, conforme tabela proposta por Yazbek e Battistella. Quanto à potência anaeróbia, não houve diferença significativa para PPabsoluta entre GJ (1045,61±141,67 Watts) e GP (962,68±153,09 Watts). Houve diferença significativa para PPrelativa entre GP e GJ (12,48 ±1,63 W/Kg; 14,80 ±1,89 W/Kg) e para o IF (45,32 ± 6,66%; 51,33 ± 6,70%), respectivamente. Valores elevados da potência aeróbia em jogadores de futebol estão associados à boa capacidade do organismo em suportar variações constantes em alta intensidade durante a longa duração de uma partida. Além disso, durante os exercícios intermitentes, os atletas devem ser capazes de suportar estímulos em alta intensidade sem que ocorra redução significativa do desempenho. Logo o IF torna-se um indicador deste desempenho, pois quanto menor o seu valor, maior a tolerância ao esforço. Estes achados indicam que o GP possui menor potência relativa quando comparado ao GJ, mesmo fazendo parte da categoria profissional e tendo uma tolerância maior ao esforço, como demonstrado por um menor %IF. Não houve diferença significativa entre os grupos para as outras variáveis o que indica um possível desarranjo no planejamento dos treinamentos dos grupos.
Keywords: Consumo máximo de oxigênio
Fisiologia do exercício
Potência absoluta
Potência relativa
Fadiga
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
metadata.dc.publisher.initials: UCB
Especialização em Fisiologia do Exercício
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação Lato Sensu
metadata.dc.publisher.program: PPG - Revistas e Artigos Científicos
Citation: ARAUJO, Danielle Garcia de. Análise da potência aeróbia e anaeróbia dos jogadores de futebol de diferentes categorias do Distrito Federal. 2018. 16 f. Artigo (Pós-Graduação Lato Sensu em Fisiologia do Exercício) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11121
Issue Date: 2018
Appears in Collections:PPG - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielleGarciaDeAraujoTCCLatoSensu2018.pdfArtigo267.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.