Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11457
metadata.dc.type: Monografia(Graduação)
Title: A atuação da ONU Mulheres no combate ao feminicídio no Brasil (2010-2016)
metadata.dc.creator: Santana, Karine Matos
metadata.dc.contributor.advisor1: Klein, Christian Philip
metadata.dc.description.resumo: A presente monografia busca descrever a atuação da ONU Mulheres nos casos de feminicídio no Brasil, entre os anos 2010 e 2016. Dos procedimentos metodológicos, cumpre ressaltar que o trabalho se utilizou dos métodos qualitativos e quantitativos, incluindo análise de dados provenientes de fontes constantes no Mapa da Violência (2015), nas Diretrizes Nacionais Feminicídio (2015), no Modelo de Protocolo Latino-Americano de Investigação das Mortes Violentas de Mulheres por Razões de Gênero [Feminicídio] (2015), além das fontes analisadas na literatura especializada em gênero, violência contra mulher e feminicídio no Brasil.
Keywords: ONU Mulheres
Violência de gênero
Diretrizes nacionais
Feminicídio
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
metadata.dc.publisher.initials: UCB
metadata.dc.publisher.department: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
metadata.dc.publisher.program: Relações Internacionais (Graduação)
Citation: SANTANA, Karine Matos. A atuação da ONU Mulheres no combate ao feminicídio no Brasil (2010-2016). 2018. 53 f. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11457
Issue Date: 2018
Appears in Collections:Relações Internacionais (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KarineMatosSantanaTCCGraduação2018.pdfMonografia972.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.