Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11697
metadata.dc.type: Artigo
Title: Comparação do índice tornozelo-braço diabéticos que realizam exercícios físicos e sedentários
metadata.dc.creator: Abadia, Fabiana Cunha de Oliveira
Nakamura, Maria Cristina
metadata.dc.contributor.advisor1: Gomes, Érika Baptista
metadata.dc.contributor.advisor2: Pereira, Cristiane Alves
metadata.dc.description.resumo: Fundamento: A Doença Arterial Periférica é uma das complicações do diabetes, dentre os exames para diagnóstico de insuficiência arterial, é utilizado o índice tornozelo-braço, sendo um teste simples, de baixo custo, não-invasivo e com boa reprodutibilidade. Objetivos: Comparar o Índice Tornozelo-Braço em diabéticos praticantes de exercícios físicos e sedentários. Métodos: Foi realizado um estudo transversal com 62 diabéticos distribuídos em grupo 1 praticantes de exercício físico e grupo 2 sedentários, a coleta de dados foi realizada através da aplicação de questionário e inspeção dos membros inferiores, e a aferição das pressões sistólicas braquial, pediosa e tibial posterior com o uso do Doppler vascular portátil de 10MHz. Foi realizada estatística descritiva, o teste t de student para amostras independentes e o teste de Spearman usado para identificar correlação entre a idade e a presença ou não de Doença Arterial Periférica. Resultados: Foi possível observar correlação leve (p=0,003) entre Doença Arterial Periférica e a idade e uma prevalência de Doença Arterial Periférica no grupo de praticantes de exercício físico foi superior, comparando-o ao grupo de sedentários, com 58,6% e 54,8%, respectivamente. Conclusões: Independente da prática de exercício físico, os grupos eram relativamente similares quanto ao índice tornozelo-braço.
Abstract: Background: Peripheral arterial disease is one of the complications of diabetes, among the tests for diagnosis of arterial insufficiency, we use the ankle-brachial index, and a simple, inexpensive, noninvasive and reproducible. Objectives: To compare the ankle-brachial index in diabetic patients practice physical exercise and sedentary. 3 Methods: We conducted a cross-sectional study with 62 diabetic patients divided into group 1-exercising and sedentary group 2, the data collection was conducted through a questionnaire and inspection of the lower limbs, and the measurement of the systolic brachial, dorsalis pedis and tibialis later using the Doppler Ultrasonic portable 10MHz. Descriptive statistics, Student t test for independent samples and Spearman's test used to identify the correlation between age and the presence or absence of Peripheral Arterial Disease. Results: We observed slight correlation (p = 0.003) between Peripheral Arterial Disease and age and a prevalence of Peripheral Arterial Disease in the group of practitioners of exercise was higher compared to the sedentary group, with 58.6% and 54 , 8%, respectively. Conclusions: Regardless of physical exercise, the groups were relatively similar in the ankle-brachial index.
Keywords: Fisioterapia
Diabetes Mellitus
Doença arterial periférica
Índice tornozelo-braço
Exercícios físicos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
metadata.dc.publisher.initials: UCB
metadata.dc.publisher.department: Escola de Saúde e Medicina
metadata.dc.publisher.program: Fisioterapia (Graduação)
Citation: ABADIA, Fabiana Cunha de Oliveira; NAKAMURA, Maria Cristina. Comparação do índice tornozelo-braço diabéticos que realizam exercícios físicos e sedentários. 2011. 21 f. Artigo (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11697
Issue Date: 2011
Appears in Collections:Fisioterapia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaCristinaNakamuraTCCGraduacao2011.pdfArtigo494.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.