Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11933
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Silva, Juliana Ferreira da-
dc.creatorAlves, Paulo Henrique Basílio-
dc.date.accessioned2019-03-18T18:59:18Z-
dc.date.available2019-03-14-
dc.date.available2019-03-18T18:59:18Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationALVES, Paulo Henrique Basílio. Donas de casa, saúde mental e violência: uma revisão sistemática da literatura. 2018. 18 f. Artigo (Graduação em Psicologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/11933-
dc.description.resumoObjetivamos analisar a produção científica nacional e internacional sobre a relação entre violência, saúde mental e donas de casa, partindo da hipótese de que ser dona de casa aumenta a situação de vulnerabilidade de mulheres. Realizamos uma revisão sistemática da literatura dos últimos 10 anos a partir das bases Pubmed, BVS, BDTD, Portal CAPES e Scielo. Foram utilizadas diferentes combinações e tradução dos termos “dona de casa”, “violência”, “saúde mental” e “adoecimento mental”. As produções foram analisadas em sua totalidade, e organizadas por categorias. Foram analisados 54 trabalhos. Os pontos que se destacaram na análise foram os que entendem a posição de dona de casa como um fator que potencializa o risco e vulnerabilidade diante da violência doméstica e familiar, como um grupo que vivencia problemas financeiros atrelados a uma falta de liberdade e uma grande sobrecarga do trabalho. Também foi encontrada uma maior vulnerabilidade em relação ao suicídio, depressão e a adoecimento mental de forma geral, junto a uma dificuldade de buscar apoio e tratamento. Foi pouco presente na literatura uma indicação de conduta aos profissionais que lidam com esse grupo e de reflexões acerca de políticas públicas. Houve uma falta de visibilidade da dona de casa enquanto objeto de estudo nas obras analisadas, assim a mulher dona de casa se mostra invisível também perante a comunidade cientifica. Os dados encontrados nessa pesquisa não se mostram suficientes para indicar que ser dona de casa é um fator de vulnerabilidade à violência e saúde mental, sobretudo devido a uma escassez de publicações com esse objetivo.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Franciene Aguiar (franciene.aguiar@ucb.br) on 2019-03-14T18:45:56Z No. of bitstreams: 1 PauloHenriqueBasilioAlvesTCCGraduacao2018.pdf: 702182 bytes, checksum: 4945035c29c110d63f8620e0d9205b05 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Sara Ribeiro (sara.ribeiro@ucb.br) on 2019-03-18T18:59:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 PauloHenriqueBasilioAlvesTCCGraduacao2018.pdf: 702182 bytes, checksum: 4945035c29c110d63f8620e0d9205b05 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-03-18T18:59:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PauloHenriqueBasilioAlvesTCCGraduacao2018.pdf: 702182 bytes, checksum: 4945035c29c110d63f8620e0d9205b05 (MD5) Previous issue date: 2018en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Católica de Brasíliapt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Saúde e Medicinapt_BR
dc.publisher.programPsicologia (Graduação)pt_BR
dc.publisher.initialsUCBpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPsicologiapt_BR
dc.subjectDona de casapt_BR
dc.subjectSaúde mentalpt_BR
dc.subjectViolênciapt_BR
dc.subjectRevisão da literaturapt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApt_BR
dc.titleDonas de casa, saúde mental e violência: uma revisão sistemática da literaturapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PauloHenriqueBasilioAlvesTCCGraduacao2018.pdfArtigo685.72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.