Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/12204
Type: Artigo
Title: Prevalência do uso de andadores infantis
Author(s): Rodrigues, Lílian Silva
First Advisor: Borges, Maria Beatriz Silva e
Summary: A utilização de andadores infantis é conhecida desde meados de 1600, mas tem aumentado significativamente nas ultimas décadas juntamente com a atenção associada aos riscos do uso. Objetivo: conhecer a prevalência do uso de andadores infantis, identificar se há informações acessíveis verdadeiras sobre os riscos e potenciais atrasos relacionados ao uso, motivos e influências que levam a essa decisão e suas repercussões. Métodos: Envio de um questionário de fácil entendimento com perguntas sobre o uso ou não do andador infantil, aos pais dos alunos de três escolas de educação infantil de Taguatinga-DF. Resultados: Em um total de 119 entrevistados, a média de idade foi de 3,69 anos (desvio padrão: 1,04 anos), 83 (69,7%) fizeram uso do andador. Foram vários os motivos que levaram os pais à utilização do andador. Entre os 83 usuários do andador, 19 (23%) tiveram algum tipo de acidente. Conclusão: É importante estarmos cientes dos perigos da infância, que são grandes e exigem de todos, educação em saúde e vigilância constante. Há necessidade de novos estudos em nosso país sobre a livre utilização e falta de informações, como modo de prevenção a possíveis atrasos e acidentes.
Abstract: The use of infant walkers has been known since the mid-1600s, but has increased significantly in recent decades along with attention to the risks associated with use. Objective: To determine the prevalence of use of infant walkers, identify if there is information available about the true risks and potential delays related to the use, motives and influences that lead to this decision and its repercussions. Methods: Sending a questionnaire easy to understand with questions about the use or nonuse of infant walkers, parents of students at three preschools in Taguatinga -DF. Results: A total of 119 respondents, the average age was 3.69 years (SD: 1.04 years), 83 (69.7%) were using the walker. There were several reasons why parents use of walker. Among the 83 users of the walkers, 19 (23%) had some type of accident. Conclusion: It is important to be aware of the dangers of childhood, which are large and require of all, health education and constant vigilance. There is need for further studies in our country on the free use and lack of information, so as to prevent possible delays and accidents.
Keywords: Andadores infantis
Práticas de segurança
Crianças
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Fisioterapia (Graduação)
Citation: RODRIGUES, Lílian Silva. Prevalência do uso de andadores infantis. 2010. 13 f. Artigo (Graduação em Fisioterapia) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2010.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/12204
Document date: Jun-2010
Appears in Collections:Fisioterapia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LílianSilvaRodriguesTCCGraduacao2010.pdfArtigo244.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.