Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/12553
Type: Artigo
Title: “Correlação entre força de preensão palmar, dor e funcionalidade do ombro em pacientes com Síndrome do Impacto”
Author(s): Barros, Juliana de Castro
Silva, Juliana Porto da
First Advisor: Raimundo, Allan Keyser de Souza
Summary: A síndrome do impacto do ombro é uma das afecções músculo-esquelético mais freqüentes dos membros superiores, apresentando clara relação entre o fenômeno de impacto e a degeneração do manguito rotador. São evidenciados como sinais clínicos a dor e consequente limitação funcional, que podem ser variáveis dependendo do desenvolvimento da fase da evolução da patologia. O objetivo principal deste estudo foi avaliar a força de preensão palmar em indivíduos com Síndrome do impacto do ombro. O estudo foi composto por um grupo de 15 pessoas com Síndrome do impacto do ombro, foi avaliado a força de preensão palmar, avaliação da dor e outro grupo por 15 indivíduos assintomáticos (grupo controle), sendo testada apenas a força de preensão palmar. Realizado na Universidade Católica de Brasília. A força de preensão palmar foi consideravelmente maior no grupo controle comparado com o experimental, em que o grupo experimental apresentou uma média de 16.9 kg de força, e o grupo controle com uma média de 29.9 kg. Foi possível constatar que quanto maior o escore de dor do paciente, através da escala visual analógica da dor, maior será o valor do questionário de funcionalidade. E quanto maior o valor do questionário, menor a força manual. Conclui-se que a dor e a disfunção no ombro levam a diminuição da força de preensão palmar.
Abstract: The shoulder impingement syndrome is one of the muscle-skeletal frequent upper limbs, presenting clear relationship between the phenomenon of the impact of rotator and degeneration. Clinical signs are observed as the resulting pain and functional impairment, which may be variable depending on the development stage of evolution of the pathology. The main objective of this study was to assess the grip strength in individuals with shoulder impingement syndrome. The study was composed of a group of 15 people with shoulder impingement syndrome, was assessed grip strength, pain assessment and another group of asymptomatic 15 individuals (control group), only being tested grip strength. Held at Catholic University of Brasilia. The grip strength was significantly greater in the control group compared with the experimental, where the experimental group had an average of 16.9 of force, and the control group with an average of 29.9. It was found that the higher the patient's pain score, by visual analogue scale of pain, the greater the value of the questionnaire functionality. And the higher the value of the questionnaire, the less manual force. We conclude that the pain and shoulder dysfunction leads to decreased grip strength.
Keywords: Fisioterapia
Ombro
Força
Dor
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Fisioterapia (Graduação)
Citation: BARROS, Juliana de Castro; SILVA, Juliana Porto da. “Correlação entre força de preensão palmar, dor e funcionalidade do ombro em pacientes com Síndrome do Impacto”. 2012. 12 f. Artigo (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2012.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/12553
Document date: 2012
Appears in Collections:Fisioterapia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JulianadeCastroBarrosTCCGraduacao2012.pdfArtigo414.95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.