Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13223
Type: Artigo
Title: Análise da amplitude de movimento em crianças com paralisia cerebral antes e após aplicação da toxina botulínica tipo A
Author(s): Carvalho, Rafaela P. P.
First Advisor: Borges, Maria Beatriz Silva e
Summary: Objetivo: verificar o ganho da amplitude de movimento em crianças com Paralisia Cerebral (PC) após a aplicação da Toxina Botulínica – A (TBA) em musculatura espástica. Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo prospectivo, controlado, comparativo pré-teste/ pós-teste usando pacientes como próprio controle. A pesquisa envolveu 11 crianças com diagnóstico de quadriplegia, de hemiplegia e diplegia, sendo 63,6% do sexo feminino, idade média de 6,27 ± 1,95 anos. As medidas da Amplitude de Movimento (ADM) foram realizadas antes da aplicação da TBA e três meses após, utilizando o Flexímetro Sanny. Os resultados foram analisados com o auxílio do software SPSS (Statistical Package for Social Sciences), 10.0 for Windows. Foi feita a análise descritiva e freqüência das variáveis com a finalidade de caracterizar a amostra, e o teste t pareado para analisar se existe diferença significativa no ganho de ADM após a aplicação do TBA em crianças espásticas, considerando p ≤ 0,05. Resultados: Ao correlacionar os dados obtidos antes e após a aplicação do medicamento, foi verificada diferença estatisticamente significativa no ganho de ADM após a aplicação da TBA em crianças espásticas [t (28) = -4,70; p = 0,001]. Considerações finais: A TBA é uma importante ferramenta no tratamento da espasticidade em crianças com PC. Esse medicamento proporciona um relaxamento muscular reversível e, assim, aumenta sua Amplitude de Movimento, facilitando sua reabilitação e seu dia a dia.
Abstract: Objective: to verify range of motion gains in children with Cerebral Palsy (CP) after the application of Botulinum Toxin – A (BTA) in spastic muscles. 5 Methods and Materials: It was done a prospective controlled comparative trial pre test / pos test using patients as control. The research involved 11 children with the diagnosis of quadriplegia, hemiplegia and diplegia, being 63,6% female, average age of 6,27 ± 1,95 years. The measures of Range of Motion (ROM) were made before the application of BTA and three months after, using the Sanny Fleximeter. The results were analyzed with the software SPSS (Statistical Package for Social Sciences), 10.0 for Windows. It was made an descriptive analyses and frequency of variables with the purpose of characterizing the sample. A t paired test was made to analyze if there was a significative difference in the gain of ROM after the application of BTA in spastic children, considering that p ≤ 0,05. Results: When the data obtained before and after the application were correlated, it was verified a statistically significant difference on the gain of ROM after the application of BTA in spastic children [t (28) = -4,70; p = 0,001]. Final regards: BTA is an important tool on the treatment of spasticity in children with CP. This medication gives muscles relaxation and than raises the Range of Motion, easing its rehabilitation and daily life.
Keywords: Toxina botulínica tipo A
Paralisia cerebral
Espasticidade
Crianças
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Fisioterapia (Graduação)
Citation: CARVALHO, Rafaela P. P. Análise da amplitude de movimento em crianças com paralisia cerebral antes e após aplicação da toxina botulínica tipo A. 2006. 19 f. Artigo (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13223
Document date: 2006
Appears in Collections:Fisioterapia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RafaelaPedrosodePaivaCarvalhoTCCGraduacao2006.pdfArtigo423.97 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.