Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13294
Type: Monografia(Graduação)
Title: Fatores de risco e protetores da sífilis na população masculina carcerária: scoping review
Other Titles: Sífilis na população masculina carcerária: revisão sistemática
Author(s): Tomaz, Bárbara Cecília Duarte
Sousa, Lorrany Pedrosa de
First Advisor: Gottems, Leila B. D.
Summary: Introdução: a população masculina vem sendo objeto de estudo em relação ao seu cuidado pessoal com a saúde. A situação da saúde do homem se agrava quando se analisam a população masculina carcerária em relação às infecções sexualmente transmissíveis. Os estudos mostram que indivíduos que entram no sistema prisional tem uma alta prevalência de infecções sexualmente transmissíveis (IST). Entre elas, sífilis, que será o principal foco de evidências. Objetivo: identificar a prevalência, os fatores de risco e protetores da sífilis na população masculina carcerária. Método: foi realizada uma revisão sistemática de literatura com base no scoping literature reviews. Foram incluídos 6 estudos de caso-controle e 1 estudo transversal. O estudo foi realizado em duas etapas, como foco específico da sífilis na população masculina carcerária. A qualidade metodológica das investigações foi avaliada por meio do portal da CAPES. No total, 7 artigos compuseram o corpus de análise de revisão e todos foram avaliados como de alta qualidade metodológica. Na etapa 1, definiu-se a pergunta norteadora com base na estratégia PECO, definida como: qual a prevalência, fatores de risco e protetores para sífilis na população carcerária identificados nas pesquisas publicadas em periódicos científicos da língua inglesa e portuguesa, no período de 2008 a 2017. Na etapa 2 foram definidas as estratégia de busca dos artigos. Resultados: a análise dos 7 (sete) estudos selecionados permitiu identificar uma incidência 6% de sífilis na população carcerária masculina. Além a systematic review of literature based on the scoping literature reviews disso, foram identificados sexo sem uso de preservativo, múltiplos parceiros, relação homossexual, idade e reincidência no encarceramento como fatores de risco e, como fatores protetivos distribuição de preservativo nos presídios, implementação de programas de saúde e diagnóstico prévio de IST. Conclusão: esta revisão encontrou altas taxas de IST na população masculina carcerária. As evidências, apresentadas nos estudos selecionados, demonstraram que a prevalência da sífilis, nos presídios, aumentou com o passar dos anos. Mas, mesmo assim, é a de menor taxa em relação às outras IST (clamídia, gonorréia, HIV, hepatite c). Demonstrado que a sífilis está com uma maior prevalência em prisioneiros com idade de 30 anos ou mais, negros e com reincidência no sistema prisional. Foi evidenciado que a política de saúde não tem efetividade no sistema prisional, pois ainda há alta taxa de homens com IST, as quais, não são devidamente tratadas, ocasionando uma maior disseminação entre os próprios presos e a na população.
Abstract: Introduction: the male population has been studied in relation to their personal health care. The health situation of men is aggravated when the male prison population is analyzed for sexually transmitted infections. Studies show that individuals entering the prison system have a high prevalence of sexually transmitted infections (STIs). Among them, syphilis, which will be the main focus of evidence. Objective: To identify the prevalence, risk factors and protectors of syphilis in the male prison population. Method: a systematic review of literature based on the scoping literature reviews. Six (6) case-control studies and one (1) cross-sectional study were included. The study was conducted in two stages, as a specific focus of syphilis in the male prison population. The methodological quality of the investigations was evaluated through the CAPES portal. In total, 7 articles composed the corpus of review analysis and all were evaluated as high methodological quality. In step 1, the guiding question was defined based on the PECO strategy, defined as: what is the prevalence, risk factors and protectors for syphilis in the prison population identified in surveys published in scientific journals in English and Portuguese in the period of 2008 to 2017 In step 2, the search strategy of the articles was defined. Results: The analysis of the seven (7) selected studies allowed to identify a 6% incidence of syphilis in the male prison population. In addition, sex without condom use, multiple partners, homosexual relationship, age and recidivism in incarceration were identified as risk factors, and as protective factors condom distribution in prisons, implementation of health programs and prior diagnosis of STIs. Conclusion: This review found high rates of STIs in the male prison population. Evidence, presented in the selected studies, showed that the prevalence of syphilis in prisons has increased over the years. But even so, it is the lowest rate compared to other STIs (chlamydia, gonorrhea, HIV, hepatitis c). Syphilis has been shown to be more prevalent in prisoners aged 30 years or over, blacks with recurrence in the prison system. It was evidenced that health policy has no effect on the prison system, since there is still a high rate of men with STIs, which are not properly treated, leading to a greater dissemination among prisoners themselves and in the population.
Keywords: Sífilis - Fatores de risco
Sistema carcerário
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Enfermagem (Graduação)
Citation: TOMAZ, Bárbara Cecília Duarte; SOUSA, Lorrany Pedrosa de. Fatores de risco e protetores da sífilis na população masculina carcerária: scoping review. 2018. 33 f. Monografia (Graduação em Enfermagem) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.
Access Type: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13294
Document date: 25-Jun-2020
Appears in Collections:Enfermagem (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BarbaraCeciliaDuarteTomazTCCGraduacaoParcial2018.pdfMonografia (Parcial)308.07 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.