Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13401
Type: Monografia(Graduação)
Title: Vulnerabilidade social e crime: análise do filme “Última Parada 174”
Author(s): Souza, Mariana Brandão Costa e
First Advisor: Oliveira, Ana Cristina de Alencar Bezerra
Summary: O Brasil é um país em que a desigualdade social é evidente, visto que muitos vivem com tão pouco e uma parcela privilegiada tem poder socioeconômico muito alto. Entende-se que as situações de exclusão social e de pobreza podem impactar na constituição do sujeito e no funcionamento do seu núcleo familiar. O objetivo deste trabalho foi identificar o impacto do histórico de vulnerabilidade social na vida de uma pessoa que cometeu crime. Foi realizada análise da história de vida de Sandro retratada no filme produzido por Bruno Barreto no ano de 2004, intitulado “Última Parada 174”. O Genograma e a Linha da vida foram utilizados como métodos de organização da trajetória de vida de Sandro e na análise de situações de vulnerabilidade. A análise do filme foi feita a partir da visualização e posterior transcrição literal da obra, que foi analisada com base na metodologia da Análise do Discurso. As zonas de sentido para estudo da vulnerabilidade social utilizadas foram: família, escola, trabalho/profissionalização e lazer/cultura. A relação de Sandro com a instituição família foi marcada pela ausência e busca de referências importantes como a materna e a paterna, vínculos importantes na constituição do sujeito e no seu desenvolvimento. A relação de Sandro com a instituição escola se configura de forma frágil, visto que evade da instituição quando criança. A partir da deficiência do âmbito escolar, verifica-se também o comprometimento do aspecto da profissionalização e do trabalho. A referência de trabalho formal na vida de Sandro se dá de forma muito pobre. O âmbito do lazer e da cultura é ausente do ponto de vista do acesso a atividades que promovam seu desenvolvimento. Os aspectos da cultura referem-se à vivência da rua, das suas regras de convívio e sobrevivência. A banalização da vida do outro, a realidade do acerto de contas e a relação violenta com a polícia são elementos deste âmbito que tornam o sujeito vulnerável. Entende-se a necessariedade da compreensão da vulnerabilidade social em sua dimensão complexa, visando não apenas a garantia de direitos, mas o efetivo acesso a estes.
Keywords: Vulnerabilidade social
Análise do discurso
Crimes
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Psicologia (Graduação)
Citation: SOUZA, Mariana Brandão Costa e. Vulnerabilidade social e crime: análise do filme “Última Parada 174”. 2018. 66 f. Monografia (Graduação em Psicologia) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.
Access Type: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13401
Document date: 2018
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarianaBrandaoCostaeSouzaTCCGraduacaoParcial2018.pdfMonografia (Parcial)658.09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.