Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13403
Type: Monografia(Graduação)
Title: Envelhecimento: uma questão de qualidade de vida
Author(s): Silva, Rosa Lúcia da
First Advisor: Reis, Adriana Maria Moreira
Summary: A população de idosos tem aumentado consideravelmente no Brasil nas últimas décadas, dados da SDH (2013) demostram que o crescimento foi de 5,9% em 2000 para 7,4% em 2010. Este aumento causou uma alteração no cenário demográfico do país, daí a importância de uma atenção multidisciplinar à questão do envelhecimento. O estudo do “envelhecimento”, justifica-se pelo interesse da pesquisadora pela área e torna-se relevante para a psicologia por envolver aspectos psicossociais que influenciam no bem-estar dos sujeitos envolvidos. A qualidade de vida não se restringe a fatores biológicos e subjetivos, deve-se levar em consideração fatores socioculturais e biopsicossociais (NERI, 1999). Este trabalho orientou-se no sentido de descrever as contribuições teóricas no campo da qualidade de vida dos idosos e teve como objetivo geral investigar a relação entre envelhecimento, relações familiares e qualidade de vida. Como trabalho de campo, realizou-se a análise de um filme: “E se vivêssemos todos juntos”, de origem francesa, legendado em português, do Diretor (ROBELIN. STEPHANE, 2011), o filme apresenta a temática central do trabalho “o envelhecimento”. Utilizou-se a Analise de Conteúdo de Laurence Bardin (2012) no tratamento dos dados coletados. A partir dos objetivos do trabalho estabeleceu-se categorias de análise e foram elencadas cenas que pudessem representa-las. Encontrou-se como resultado as seguintes categorias: “Representações sociais do idoso”; “Direito do idoso e violência”; “Bem-estar e qualidade de vida”, sendo que essa foi subdividida em duas subcategorias – “As emoções positivas” (incluindo as experiências de felicidade e prazer e satisfação de vida), e “As emoções negativas” (noção de perda, por exemplo); e “Relação familiares”. Os resultados sugerem que: A família é um núcleo que proporciona ao idoso e sua interação social, amplia a rede de contato do geronte propiciando um bem-estar e contribuindo para a qualidade de vida. Enfatiza a relevância da continuidade das investigações na área, ampliando o conhecimento sobre essa fase do ciclo de vida familiar, além de estudos que promovem ações no qual o foco seja o cuidado com idoso e suas relações, já que há repercussões na família e em toda sociedade.
Abstract: The population of older people has increased considerably in Brazil in recent decades, data from the SDH (2013) show that growth was from 5.9% in 2000 to 7.4% in 2010. This increase caused a change in the demographic scenario of the country, hence the importance of multidisciplinary attention to the issue of aging. The study of "aging" is justified by the researcher's interest in the area and becomes relevant to psychology because it involves psychosocial aspects that influence the well-being of the subjects involved. Quality of life is not restricted to biological and subjective factors, sociocultural and biopsychosocial factors must be considered (NERI, 1999). This work was oriented to describe the theoretical contributions in the field of the quality of life of the elderly and had as general objective to investigate the relation between aging, family relations and quality of life. As a field work, the film was analyzed: "And if we all lived together", of French origin, subtitled in Portuguese, by the Director (ROBELIN STEPHANE, 2011), the film presents the central theme of the work "the aging". We used the Content Analysis of Laurence Bardin (2012) in the treatment of the data collected. From the objectives of the work, categories of analysis were established and scenes that could represent them were listed. The following categories were found: "Social representations of the elderly"; "Right of the elderly and violence"; "Well-being and quality of life", which was subdivided into two subcategories - "Positive emotions" (including experiences of happiness and pleasure and life satisfaction), and "Negative emotions" (notion of loss, for example); and "Family relationship". The results suggest that: The family is a nucleus that provides the elderly with social interaction, broadens the geronte's contact network, promoting well-being and contributing to the quality of life. It emphasizes the relevance of the continuity of the investigations in the area, increasing the knowledge about this phase of the family life cycle, besides studies that promote actions in which the focus is care with the elderly and their relationships, since there are repercussions in the family and in all society.
Keywords: Idosos
Envelhecimento
Qualidade de vida
Representação social
Violência
Família
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Psicologia (Graduação)
Citation: SILVA, Rosa Lúcia da. Envelhecimento: uma questão de qualidade de vida. 2018. 36 f. Monografia (Graduação em Psicologia) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.
Access Type: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13403
Document date: 2018
Appears in Collections:Psicologia (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RosaLuciadaSilvaTCCGraduacaoParcial2018.pdfMonografia (Parcial)298.66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.