Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13555
Type: Monografia(Graduação)
Title: Imperialismo europeu e falência estatal na África Oriental: entendimentos possíveis do contexto sócio-histórico da Somália entre os séculos XIX e XXI
Author(s): Carneiro, Gabriela Naben
First Advisor: Dias, Danilo Borges
Summary: Este estudo tem a pretensão de dispor acerca da influência do imperialismo europeu no continente africano, com enfoque na região da África Oriental, área a qual foi fortemente explorada e partilhada no período de 1880 a 1939. Dessa forma, o estudo trás o advento de “Estados Falidos”, termo que se define por Estados que possuem grande dificuldade econômica, estrutural, social e política, como uma consequência, sem precedentes, do modelo colonial europeu. Para tanto, propõe-se a elucidação da questão da falência estatal, através das obras de Rotberg (2002), Jackson (1990), e Helman; Ratner (1992). Ademais, para exemplificar a relação entre o colonialismo europeu e a falência estatal de Estados da África Oriental, foi elucidado o contexto histórico da Somália, país que, atualmente, sofre com um governo fragmentado, ataques terroristas e ondas de refugiados. Salienta-se que Estado somali se encontra, por 14 anos, entre os três primeiros países no ranking mundial do Fragile State Index (FSI). Portanto, tal estudo conclui que as interferências europeias contribuíram para que a região Oriental africana sofra com um ciclo indigesto de falência regional. Por fim, a metodologia do trabalho consiste no levantamento e leitura de textos teóricos referentes ao objeto de pesquisa.
Abstract: This study intends to discuss the influence of European imperialism on the African continent, focusing on the East African region, an area which was heavily explored and shared in the period from 1880 to 1939. Thus, the study brings the advent of “Failed States”, term defined by States that have economic, structural, social and political difficulties, as an unprecedented consequence of the European colonial model. Therefore, to elucidate the issue of state failure, it is important to mention the works of Rotberg (2002), Jackson (1990), and Helman; Ratner (1992). In addition, to illustrate the conection between European colonialism and the state failure of East African states, was elucidated the historical context of Somalia, a country that currently suffers from a fragmented government, terrorist attacks and waves of refugees. It should be noted that the Somali State is, for 14 years, among the first three countries in the world ranking of the Fragile State Index (FSI). The study concludes that European interference has contributed to the East African region suffered from an indigestible cycle of regional failure. Finally, the methodology of the work consists of the survey and reading of theoretical texts referring to the research object.
Keywords: Imperialismo
Estados falidos
África Oriental
Somália
CNPq: CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
Program: Relações Internacionais (Graduação)
Citation: CARNEIRO, Gabriela Naben. Imperialismo europeu e falência estatal na África Oriental: entendimentos possíveis do contexto sócio-histórico da Somália entre os séculos XIX e XXI. 2020. 69 f. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2020.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/13555
Document date: Dec-2020
Appears in Collections:Relações Internacionais (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GabrielaNabenCarneiroTCCGraduacao2020.pdfMonografia(Graduação)1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.