Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/14159
Type: Monografia(Graduação)
Title: Tigelas chinesas com comida chinesa: os esforços da China para alcançar a segurança alimentar e o papel do Brasil como fornecedor de alimentos
Author(s): Fernandes, Maria Carolina Spinelli
First Advisor: Lima, Jean Santos
Summary: A presente monografia tem como objetivos analisar os aspectos históricos da segurança alimentar e das transformações demográficas e sociais chinesas; coletar e analisar dados referentes à demografia chinesa e ao agronegócio brasileiro e; relacionar os dados coletados de modo a entender se a China conseguirá, ou não, alcançar a segurança alimentar nas próximas décadas; e o papel do Brasil como fornecedor de alimentos. Para tanto, contou com os autores Brown (1995), Marti (2021) e Zhou (2017). O aporte metodológico foi pesquisa bibliográfica, juntamente com uma pesquisa exploratória e uma abordagem qualitativa; e concluiu-se que a China não alcançará a plena segurança alimentar nas próximas décadas, em virtude, principalmente, da grande dificuldade existente em sanar todos os desafios atribuídos à segurança alimentar; como a diminuição de terras aráveis, o envelhecimento da população e diminuição da força de trabalho. Apesar disso, verificou-se que o país tem investido em fontes alternativas para suprir a demanda interna e que poderá, até 2035, diminuir a importação de commodities de países como o Brasil. Nesse sentido, o estudo deduz que o Brasil deverá, com certa urgência, diversificar sua pauta exportadora e encontrar mercados alternativos para suas commodities agrícolas, a fim de mitigar sua dependência das importações chinesas.
Abstract: This monograph aims to analyze the historical aspects of food security and Chinese demographic and social transformations; collect and analyze data regarding Chinese demography and Brazilian agribusiness and; to relate the data collected in order to understand whether or not China will be able to achieve food security in the coming decades; and Brazil's role as a food supplier. To do so, it relied on the authors Brown (1995), Marti (2021) and Zhou (2017). The methodological contribution was bibliographic research, together with exploratory research and a qualitative approach; and it was concluded that China will not achieve full food security in the coming decades, mainly due to the great difficulty in solving all the challenges attributed to food security; such as decreasing arable land, an aging population and a shrinking workforce. Despite this, it was found that the country has invested in alternative sources to meet domestic demand and that it may, by 2035, reduce the import of commodities from countries such as Brazil. In this sense, the study deduces that Brazil must, with some urgency, diversify its export agenda and find alternative markets for its agricultural commodities, in order to mitigate its dependence on Chinese imports.
Keywords: Segurança alimentar
Transformações demográficas
Agronegócio
China
Brasil
CNPq: CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
Program: Relações Internacionais (Graduação)
Citation: FERNANDES, Maria Carolina Spinelli. Tigelas chinesas com comida chinesa: os esforços da China para alcançar a segurança alimentar e o papel do Brasil como fornecedor de alimento. 2022. 45 f. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2022.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/14159
Document date: 2022
Appears in Collections:Relações Internacionais (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaCarolinaSpinelliFernandesTCCGraduacao2022.pdfMonografia1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.