Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/8081
metadata.dc.type: Monografia(Graduação)
Title: Mulher e heroína: representação feminina da personagem Katniss Everdeen, de Jogos Vorazes
metadata.dc.creator: Chaves, Jaqueline Clarindo Batista
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Fernanda Vasques
metadata.dc.description.resumo: Jogos Vorazes foi publicada em 14 de setembro de 2008 nos Estados Unidos com a autoria da escritora americana Suzanne Collins. Em 2010 o estúdio LionsGate adquiriu os direitos para uma adaptação cinematográfica dos livros, que se tornou a 14ª maior bilheteria de lançamento na América do Norte. A história, que é uma distopia, se passa em um período futurístico não definido e tem como protagonista uma mulher. Por meio de análise de conteúdo e fílmica, esse projeto busca analisar como a protagonista, Katniss Everdeen, é representada levando em consideração os estudos sobre gênero. Parte-se das hipóteses que as mudanças nos estereótipos femininos fazem parte das construções narrativas do cinema, a protagonista foge da característica “donzela em perigo” e a produção fílmica participa ativamente do processo de construção de gêneros. Nota-se que a ficção acompanha as mudanças nas representações sociais a respeito do papel da mulher e a personagem traz algumas inovações, porém ainda é possível perceber permanências em relação à ideia de feminino e a tais estereótipos.
Abstract: The Hunger Games was published on 14 September 2008 in the United States with the authorship of the American writer Suzanne Collins. In 2010 the Studio LionsGate acquired the rights for a film adaptation of the books, which became the 14th highest-grossing release in North America. The story, which is a dystopia, takes place in a futuristic period not defined and has as protagonist a woman. Through content and film analysis, this project seeks to analyze as the protagonist, Katniss Everdeen is represented taking into consideration studies about gender It is unlikely that changes in female stereotypes are part of the narrative structures of filmmaking, the protagonist flees the feature "damsel in distress" and the filmic production participates actively in the process of building genres. Note that fiction follows the changes in social representations regarding the role of women and the character brings some innovations, but it is still possible to realize permanence in relation to the idea of female and such stereotypes.
Keywords: Jornalismo
Representação
Gênero
Katniss Everdeen
The Hunger Games
Cinema
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
metadata.dc.publisher.initials: >UCB
metadata.dc.publisher.department: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Jornalismo (Graduação)
Citation: CHAVES, Jaqueline Clarindo Batista. Mulher e heroína: representação feminina da personagem Katniss Everdeen, de Jogos Vorazes. 2016. 73 f. Monografia (Jornalismo), Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/8081
Issue Date: 23-Jun-2016
Appears in Collections:Comunicação Social - Jornalismo (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JaquelineClarindoBatistaChavesTCCGRADUACAO2016.pdfMonografia2.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.