Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/8335
Type: Trabalho de Conclusão de Curso(Pós-Graduação)
Title: Avaliação da prevalência de indivíduos portadores de anemia falciforme no Hospital das Forças Armadas de Brasília – DF
Other Titles: Evaluation of the prevalence of individuals with sickle cell disease in the Armed Forces Hospital of Brasilia - DF
Author(s): Guimarães, Grazielle Peres
First Advisor: Mascarenhas, Cintia do Couto
Summary: A anemia falciforme é caracterizada pela presença da hemoglobina S em homozigose (HbSS) e está entre as hemoglobinopatias mais prevalentes no Brasil e no mundo, sendo observada principalmente na população afro descendente. A polimerização da HbS desoxigenada ocasiona deformação, maior rigidez e fragilidade do eritrócito, além de anemia hemolítica e episódios vasoclusivos. A adesividade aumentada das células falcizadas e leucócitos ao endotélio causa diminuição do fluxo sanguíneo na microcirculação, resultando no principal evento da anemia falciforme, que é a vasoclusão. O trabalho objetivou realizar a avaliação da prevalência de portadores da HbS no Hospital das Forças Armadas de Brasília e correlacionar esses dados com outros estudos de prevalência no Distrito Federal. Foram avaliados 1181 pacientes no período de setembro a outubro de 2010, após a aprovação do Comitê de Ética em pesquisa do HFA, e assinatura do termo de consentimento livre esclarecido pelos pacientes. Dentre estes, 61 fazem parte da triagem realizada a partir do hemograma, teste de falcização, eletroforese manual e confirmação pela eletroforese por capilaridade, 1057 a partir dos resultados de exames de hemoglobina glicada do equipamento D-10 (Bio-Rad®), o qual inclui resultados para os demais tipos de hemoglobina, e 64 pacientes com exames cadastrados para realização de eletroforese por capilaridade no equipamento Minicap (SEBIA®). Das amostras avaliadas, nenhuma apresentou homozigose para hemoglobina S (HbSS), enquanto trinta e seis pacientes apresentaram traço falciforme (HbAS) e três apresentaram hemoglobinopatia SC (HbSC), com prevalência de 3,05% para traço falciforme e 0,25% para hemoglobinopatia SC. Foi possível observar que a média de idade entre os pacientes que apresentaram hemoglobina HbS foi de 44,36 anos. Já a distribuição quanto ao sexo mostrou maior incidência de HbS em pessoas do sexo feminino, representando 61,54% (24), enquanto para o sexo masculino foi de 38,46% (15). Houve o predomínio de alterações de frações hemoglobínicas em indivíduos declarados de cor parda. A prevalência de portadores de traço falciforme obtida foi compatível com a de outros estudos realizados no Brasil e no mundo, apresentando semelhança especial com os dados disponíveis do Distrito Federal. Observou-se que o número de casos de traço falciforme foi maior em relação aos outros fenótipos anômalos encontrados, enquanto a hemoglobinopatia SC foi encontrada em menor número de indivíduos. Nossos resultados indicam que existe relação entre a ampliação da triagem laboratorial, para hemoglobinopatias, e o aumento do número de casos de HbS. Apesar da concordância dos resultados obtidos com os da literatura, sugere-se a realização de estudos maiores que possam contribuir para o melhor conhecimento do perfil epidemiológico das hemoglobinopatias na região do Distrito Federal.
Abstract: Sickle cell anaemia is characterized by the presence of hemoglobin S homozygous (HbSS) and is among the most prevalent hemoglobinopathies in Brazil and worldwide, and mainly observed in the population african descent. The polymerization of deoxygenated HbS causes deformation, rigidity and fragility of the erythrocytes, and hemolytic anemia and episodes vasocclusives. The increased adhesiveness of sickled cells and leukocytes to the endothelium causes decreased blood flow in the microcirculation, resulting in the main event of sickle cell disease, which is the vasocclusion. The work has aimed at assessing the prevalence of carriers of HbS in the Armed Forces Hospital of Brasilia and correlate these data with other prevalence studies in the Distrito Federal. We evaluated 1181 patients during the period September to October 2010 following the approval of the Committee of Ethics of HFA, and signing the consent form for patients. Among these, 61 are part of the screening conducted from the blood count, sickling test, manual electrophoresis and confirmation by capillary electrophoresis, 1057 from the results of tests for glycated hemoglobin Equipment D-10 (Bio-Rad ®), the which includes results for the other types of hemoglobin, and 64 patients enrolled to carry out examinations by capillary electrophoresis equipment Minicap (Sebia ®). Of the samples tested, none had homozygous hemoglobin S (HbSS), while thirty-six patients had sickle cell trait (HbS) and three had hemoglobinopathy SC (HbSC), with a prevalence of 3.05% for sickle cell trait and 0.25% for SC hemoglobinopathy. It was observed that the average age among patients with hemoglobin HbS was 44.36 years. The distribution by sex showed a higher incidence of HbS in feminine, accounting for 61.54% (24), while for masculine was 38.46% (15). There was a predominance of changes in hemoglobin fractions of individuals declared brown. The prevalence of patients with sickle cell trait result was compatible with other studies in Brazil and worldwide, with particular similarity to the available data from the Distrito Federal. It was observed that the number of cases of sickle cell trait was higher in relation to other abnormal phenotypes found, while the SC hemoglobinopathy was found in fewer individuals. Our results indicate that there is a relationship between the expansion of laboratory screening for hemoglobinopathies, and the increased number of cases of HbS. Despite the concordance of results with the literature, it is suggested to carry out larger studies that could contribute to a better understanding of the epidemiology of hemoglobinopathies in the region of the Distrito Federal.
Keywords: Anemia falciforme
Traço falciforme
Hemoglobina S
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Biomedicina (Graduação)
Citation: GUIMARÃES, Grazielle Peres. Avaliação da prevalência de indivíduos portadores de anemia falciforme no Hospital das Forças Armadas de Brasília - DF. 2010. 55 f. Monografia (Graduação em Biomedicina) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2010.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/8335
Document date: 29-Nov-2010
Appears in Collections:Biomedicina (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GraziellePeresGuimarãesTCCGraduação2010.pdfMonografia(Graduação)1.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.