Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/8399
Tipo: Monografia(Graduação)
Título: A percepção norte-americana de ameaça sob a ótica do ato-discurso: o caso da ascensão do Estado Islâmico (2009-2014)
Autor(es): Almeida, Laryssa Cristinne Ferreira de
Primeiro Orientador: Queiroz, Fábio Albergaria de
Resumo: Este trabalho realiza um estudo sobre o movimento de securitização realizado por atores securitizadores norte-americanos acerca do avanço do grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico. Para tanto, partiu-se da premissa construtivista de que ameaças são construções sociais e que, portanto, os discursos proferidos por indivíduos que ocupam posição de destaque ou possuem a prerrogativa do uso da força poderiam vir a influenciar na percepção de ameaça do público-alvo. Explicam-se: a) como o terrorismo passou a ocupar uma posição importante na agenda de segurança dos Estados Unidos e como a Guerra do Iraque ensejou o surgimento do grupo Estado Islâmico; b) os conceitos desenvolvidos pela Escola de Copenhague, incluindo a teoria da securitização; e c) como Barack Obama convenceu seu público-alvo da importância do uso da força como meio de contenção do Estado Islâmico, ou seja, como o tema foi securitizado. Utiliza-se, como fontes: documentos oficiais, discursos presidenciais e de autoridades do governo, informações de veículos midiáticos e livros sobre o assunto. Conclui-se que o ato-discurso funciona como um instrumento essencial para a securitização de um determinado assunto.
Abstract: The essay hereby presented submits a study about the securization movement performed by American security actors concerning the actions of the terrorist group known as Islamic State. Public statements made by actors who occupy prominent positions and have the prerogative to use force was made in order to understand how the audience targeted by such actors perceived the threat represented by the Islamic State. The following are surveyed: a) how terrorism became important in the US security agenda and how the war in Iraq facilitated the rise of the Islamic State; b) the concepts and theories developed by the Copenhagen School; c) how Barack Obama convinced his targeted audience that the use of force was necessary to destroy the Islamic State. The following sources are used: official documents, public statements given by government authorities, information available in media vehicles and pertinent books. It is hence determined that the speech-act works as an essential instrument for the successful securitization of a particular subject.
Palavras-chave: Relações internacionais
Estado Islâmico
Estado Islâmico do Iraque e da Síria
Guerra do Iraque
Terrorismo
Securitização
Barack Obama
Segurança internacional
CNPq: CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Católica de Brasília
Sigla da Instituição: UCB
Departamento: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
Programa: Relações Internacionais (Graduação)
Citação: ALMEIDA, Laryssa Cristinne Ferreira de. A percepção norte-americana de ameaça sob a ótica do ato-discurso: o caso da ascensão do Estado Islâmico (2009-2014). 2015. 59 f. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/8399
Data do documento: 2-Jun-2015
Aparece nas coleções:Relações Internacionais (Graduação)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LaryssaCristinneFerreiradeAlmeidaTCCGraduacao2015.pdfMonografia(Graduação)614.26 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.