Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/9929
metadata.dc.type: Monografia(Graduação)
Title: O processo de internacionalização da cachaça
metadata.dc.creator: Aguilar, Rodolfo Serpa
metadata.dc.contributor.advisor1: Cunha, Camilla Sara Gonçalves
metadata.dc.description.resumo: A cachaça, tendo como base o seu contexto histórico, possui ligação direta com o Brasil, sendo identificada como a bebida típica brasileira. Desde sua descoberta até os dias atuais, ela é consumida e apreciada e, na atualidade, seu consumo não é mais exclusivo das classes mais baixas tendo, nos últimos anos, virado produto de consumo e apreciação das classes A e B. Tal mudança de perfil do consumidor pode ser relacionada ao aumento de interesse do público estrangeiro na cachaça. Com o aumento do seu consumo, o Governo Brasileiro lançou políticas de incentivos para a produção de cachaça, visando atender tanto a demanda do público interno (agregando produtores e consumidores) quanto a demanda do público externo. De outra parte, o reconhecimento da bebida como produto típico e exclusivo do Brasil foi fator importante para seu processo de internacionalização. A cachaça, fazendo parte dos destilados premium, tem estado cada vez mais em destaque no cenário nacional e internacional. Entre outros fatores que auxiliam o processo de internacionalização da cachaça, destacam-se o seu reconhecimento como patrimônio brasileiro e a elitização de seu consumo como elementos que vêm impulsionando o seu processo de internacionalização.
Abstract: Cachaça, based on its historical context, has a direct link with Brazil, and is identified as the typical Brazilian drink. Since its discovery to the present day, it is consumed and appreciated. Nowadays its consumption is no longer exclusive of the lower classes. In the last few years, it became a consumer product and is appreciated by classes A and B. This change in the profile of the consumer may be related to the increase in the interest of the foreign public in cachaça. With increasing consumption, the Brazilian government launched incentive policies for the production of cachaça, to meet both the demand of the domestic public (aggregating producers and consumers) and the demand of the external public. On the other hand, recognition of the drink as a typical and unique product of Brazil was fundamental to its internationalization process. Cachaça, as part of premium distillates, has been increasingly highlighted in the national and international scenarios. Among other factors that help the cachaça internationalization process, we can highlight its recognition as a Brazilian heritage and gentrification of its consumption as factors that are boosting its internationalization process.
Keywords: Relações internacionais
Internacionalização
Elitização
Cachaça
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
metadata.dc.publisher.initials: UCB
metadata.dc.publisher.department: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
metadata.dc.publisher.program: Relações Internacionais (Graduação)
Citation: AGUILAR, Rodolfo Serpa. O processo de internacionalização da cachaça. 2015. 52 f. Monografia (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ucb.br:9443/jspui/handle/123456789/9929
Issue Date: 2015
Appears in Collections:Relações Internacionais (Graduação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RodolfoSerpaAguilarTCCGRADUACAO2015.pdfMonografia872.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.